+55 (11) 5183-5187  ou  5183-5096

contato@boog.com.br

O PRESENTE DA CONVERSAÇÃO

Gilbert Brenson-Lazan (*)

Como queira que você celebre (ou não) as festas de fim de ano – Natal, Chanukah, Kwanzaa, Eid al-Adha, ou o Ano Novo Lunar – uma parte importante destas comemorações é a tradição de dar e receber presentes. Há muitos presentes que todos nós podemos dar a muitas pessoas sem gastar um centavo, ou mesmo tempo: o presente da conversação.

O que é o presente da conversação? É criar um pequeno espaço e processo para iniciar ou aprofundar uma conversa em que podemos co-criar mais compreensão mútua e criar um maior bem-estar para os dois e para o relacionamento. Abaixo estão quatro destes pequenos presentes que você pode dar:

• Um simples reconhecimento: Pode ser um simples cumprimento ou um sorriso que inicia uma conversa. Maria, uma Gerente de Gestão Humana, passou a tarde de 22 de dezembro decidida a dar um sorriso e calorosamente saudar cada pessoa desconhecida na fábrica. Tempos depois, uma mulher da área de Serviços Gerais disse-lhe que o melhor presente que tinha recebido neste Natal não foram coisas materiais, mas a saudação de Maria e a conversa dela decorrente.

• Uma pergunta oportuna: o caminho real para a conversação é fazer para a outra pessoa uma ou várias perguntas adequadas e respeitosas sobre si mesma. Para muitas pessoas é muito difícil parar de falar sobre si mesmas, as suas experiências, de seus pontos de vista. Você pode aprofundar a conversação e a compreensão mútua com uma pergunta sobre o que a outra pessoa pensa, sente ou o que tenha vivenciado.

• A escuta ativa: É um presente muito grande dedicar algum tempo para escutar e compreender outra pessoa, sem expressar julgamentos ou dar conselhos não solicitados. Ofélia, uma Gerente de Marketing, frequentemente pergunta (ver anterior) a seus clientes sobre o aumento de trabalho e o consequente aumento do estresse durante esta época de Natal… e depois ouve a resposta empaticamente, expressando sua compreensão e admiração (ver a próxima).

• Uma afirmação sincera: um elogio sincero sobre o ser da pessoa, uma qualidade pessoal, e não apenas algo que fez – o seu fazer – cria muito bem-estar individual e interpessoal. No jargão do nosso trabalho é dar a “afago”.

Até uma queixa fornece uma oportunidade para dar um presente de conversação. Após a sua avaliação anual, Mario, um Diretor Regional, disse à sua chefe  Ofélia, Vice-Presidente Comercial: “Eu poderia ter tido um rendimento muito maior se você tivesse me apoiado mais”. Ofélia resistiu à tentação de reagir defensivamente, ou até mesmo ignorar o comentário, e disse: “Obrigado por ter mencionado isso, Mario. Você é muito competente e eu pensei que estava dando o apoio de que necessitava. Especificamente, como é que você quer que eu te  apoie no futuro?”. Um momento tenso virou um presente de conversação para ambos.

 

(*) Gilbert Brenson-Lazan é Presidente da Amauta International

Ver Todos os Artigos

SOLICITE ATENDIMENTO


captcha