+55 (11) 5183-5187  ou  5183-5096

contato@boog.com.br

ENERGIZE-SE! 

Gustavo G. Boog (*)

Pessoas saudáveis e cheias de energia formam organizações competentes, que são o local por excelência para pessoas saudáveis. Este é o sonho que está se tornando realidade em muitas empresas pioneiras que atuam com excelência.

Energizar pessoas e equipes, resgatando a dimensão humana no trabalho é o caminho para as empresas serem mais competitivas! É a nova fronteira a ser superada, em um processo de mudança e transformação para estágios empresariais mais evoluídos, onde os resultados de negócio são atingidos em equilíbrio com as dimensões humanas, tecnológicas e comunitárias.

O ambiente nas empresas mais tradicionais usualmente tem carências nos aspectos emocionais e espirituais, pois o que se encontra são espaços tensos, “carregados” e cheios de desmotivação. Nas empresas da nova economia há uma incrível velocidade e mudanças intensas, mas são emocionalmente “pesadas”: excesso de competição, a falta de estruturas e altíssimo stress são comuns. Nos dois casos prevalecem referenciais como: aqui você deve usar a cabeça, nunca o coração; manda quem pode, obedece quem tem juízo; empresa não é lugar de se fazer terapia; cada macaco em seu galho, etc. Os participantes das empresas e seus dirigentes se ressentem da falta de comunicação eficaz, de um verdadeiro espírito de equipe, de líderes que de fato liderem, de pessoas capacitadas, motivadas; enfim, de pessoas e equipes energizadas.

O conceito de energia se liga ao de saúde, envolvendo muitos aspectos pessoais e empresariais: não é apenas a ausência de doenças, mas sim o viver pleno com energia e alegria, no âmbito organizacional e pessoal. Estar apegado a padrões superados diminui a energia pessoal e empresarial. Por isso devemos  estar abertos às transformações, que estão aí, fortes, rápidas e incisivas. A frase de C. G. Jung parece mais oportuna que nunca: “Tudo que é verdadeiro deve se transformar, e somente o que se transforma permanece verdadeiro”.

Muitos profissionais e empresas ainda estão viciados e amarrados nas formas tradicionais de perceber o trabalho. Nesses ambientes, a “falta de energia” é uma triste realidade, que se manifesta de muitas formas:

•    As equipes andam meio . . . devagar, com excesso de estrelismos individuais
•    O entusiasmo e motivação estão em baixa
•    As resistências às mudanças são grandes
•    Os conflitos entre áreas tem aumentado
•    Poucos parecem ter idéias verdadeiramente criativas
•    O pessoal anda com os “nervos à flor da pele”
•    Sorrisos, energia e alegria se tornaram raros

No livro “Energize-se!”, é apresentado um conjunto de indicações que representam formas práticas e imediatas de energizar pessoas e equipes. Se aplicadas de forma integrada, constituem-se num caminho de desenvolvimento pessoal e organizacional muito poderoso. Vale a pena rever:

•    Saiba onde quer chegar; caminhe passo a passo; desfrute do caminho; não desiste de seus sonhos
•    Pense globalmente e aja localmente
•    Razão não é tudo; abra espaço para emoções e intuição
•    Irradie amor a partir do seu coração, para você e para os outros
•    Abra espaços para o que você ama fazer
•    Relaxe o corpo e a mente; medite
•    Fique longe da negatividade; ouse mais; seja generoso
•    Não se irrite com coisas pequenas (e tudo é pequeno…); ria mais
•    Alimente bem o seu corpo, a sua alma e o seu espírito
•    Tudo muda e rápido; portanto, pratique o desapego; transforme-se
•    Aceite as coisas como elas são; não julgue e não critique tanto
•    Exercite-se no trabalho em equipe; apoie outros a crescerem
•    Ligue-se a fontes inspiradoras; conecte-se à Natureza
•    Conecte-se ao fluxo de energia universal
•    Pare de só pensar e aguardar; simplesmente faça!

Este é o caminho da energização. A trilha está demarcada. Que tal começar esta jornada?

Ver Todos os Artigos

SOLICITE ATENDIMENTO


captcha